Há 3 anos fui operada à coluna, e há 2 foi me diagnosticado Fibromialgia. Sofro também de bursites e com alguma frequência tenho tendinites, contraturas... Depois da ultima crise que tive em Março que me impossibilitou de andar.... resolvi procurar em Agosto ajuda na terapia Bowen, tenho sentido imensas melhoras desde então, as dores tornaram-se menos presistentes e tem dias que passo sem elas, ajudou-me tambem na regulação do intestino e passei a dormir um pouco melhor. Agradeço Antónia Vaz, pelo seu excelente trabalho - Ilda 48 anos

Em apenas algumas  sessões  vi resultados incríveis na coluna, braços e contraturas. A escoliose e cifose já estão melhoradas,  bem como as dores que tinha na lordose. Estas terapias combinadas parecem que são suaves e são,  contudo brutalmente profundas e transformadoras.

A Antónia é fantástica, pois além de dominar bem as terapia,  suas mãos suaves, mas cirúrgicas  parecem ser conduzidas onde necessário. Recomendo  vivamente!!! - Isabel F 

Não conseguia levantar os braços sem dores e era difícil baixar-me pois custava-me a dobrar as pernas. Desde que faço Terapia Bowen já me sento nos calcanhares sem dores o que antes era impossível mesmo com ginastica- Armanda S,  68 anos

Olá eu sou a Beatriz e tenho 54 anos. Há mais de 30 anos que tomo medicação para as dores pois tenho osteoartrose. Com o passar dos anos a doença agravou, fazia fisioterapia, levava injeções, passava os sintomas durante algum tempo mas depois as dores voltavam. Neste últimos 4 anos fiquei com tendinites nos ombros, um desvio na anca direita e dor ciática que não me deixava dormir. Andar de carro era muito complicado pois não tinha posição para ter a perna, não conseguia estar sentada muito tempo e não me conseguia levantar sem me segurar. O médico disse-me que ao 60 anos iria precisar de próteses nos joelhos. (.... )- Beatriz P, 54 anos

Comecei a fazer Terapia Bowen por motivo de dores nas pernas e muitas cãibras, que passaram completamente após poucas sessões. 

Tinha também incontinência. Já tinha sido operada à bexiga há cerca de 10 anos. Quando comecei a terapia levantava-me de noite 3/4 vezes para urinar e quando saía de casa não bebia água porque a bexiga não aguentava. Depois de ter feito algumas sessões de Terapia Bowen,  já só me levanto 1 vez por noite para urinar e bebo líquidos durante o dia sem problema. Além dos factos já relatados tenho diabetes desde 2007, tomo medicação oral, e por esse motivo ... - Maria Rodrigues, 86 anos

A minha experiência com a Terapia de Bowen foi inexplicável, quando recorri a ajuda tive um torcicolo e logo no primeiro tratamento tive melhorias imediatas. Mas o que me surpreendeu foi o meu ombro que já há alguns anos que não levantava mais de metade e tinha muitos movimentos limitados. Depois desta terapia não tenho nenhuma limitação no braço,  o pescoço está óptimo e uma grande diferença que noto é no meu sono muito mais tranquilo, durno muito melhor e automaticamente influência tudo no meu dia.

Recomendo esta terapia a todos! - Anabela B, 35 anos

Fui operada recentemente à vesícula para sua extracção. Mas, uma operação que em princípio é simples, no meu caso foi muito complicado. E porquê? Apenas porque surgiu uma grave complicação, quando quiseram entubar-me (para acoplar a ventilação mecânica e receber a oxigenação, apoiando o acto médico). Aqui, eu já estava anestesiada ou quase, mas a tensão no meu pescoço e garganta era tão grande que os médicos e anestesista não conseguiam entubar-me.  A operação esteve para ser cancelada, mas depois de muitos esforços, sobretudo da anestesista, lá conseguiram levar a operação a bom termo, e correu bem, embora me tivessem obrigado a permanecer no hospital em observação muito mais tempo do que é normal nestes casos. Mas o problema principal foi o trabalho que eu lhes dei.

Como veredicto final de toda esta história, cheguei à conclusão (confirmada pelos médicos) que eu acumulava todas as tensões e nervos na minha estrutura muscular e não só.... já faz muito tempo que o meu pescoço parece “pedra” e tive dores terríveis numa perna (ciática). Virava o pescoço com muita dificuldade, sem conseguir ultrapassar determinado ponto. Ao erguer os braços acima da cabeça, eles apenas iam até certo ponto. Para me levantar da cama tive que arranjar uma estratégia em determinada posição, pois só o acto de levantar provocava dores fortes que pareciam choques eléctricos. De noite, sem me aperceber disso, rangia os dentes (bruxismo) e …tantas outras queixas a que me fui habituando. Fiz tudo o que medicamente é aconselhado …   -  Albertina Lobo, 70

Tenho insuficiência respiratória provocada pelo tabaco. Em Novembro 2016 tive uma crise muito grande de falta de ar após ter tido obras em casa. Fui fazer Terapia Bowen e ao fim de uma sessão já me sentia muito melhor. Comecei a expelir muito muco e no dia seguinte parecia que não tinha nada e até hoje não tive mais nenhuma crise - MF 62 anos

Tive o meu primeiro contacto com a terapia de Bowen após um trail integrado no Circuito Lisboa Trail by Buff em Monsanto. Após a prova, decidi ir até à zona das massagens que provas deste tipo costuma ter mas em vez de massagistas estavam terapeutas a aplicar a terapia de Bowen. É, de facto, muito diferente de uma massagem mas os resultados são muito melhores. Lembro-me de estranhar a ausência de dores musculares, que são habituais nos dias que seguem um trail, mas que, desta vez, não se fizeram sentir. A partir da primeira sessão fui sempre acompanhada pela terapeuta Antónia Vaz e, inicialmente, a minha principal motivação para continuar com esta terapia era para aliviar as dores musculares resultantes de exercício físico intenso que faço com alguma regularidade mas durante a conversa inicial com a terapeuta mencionei que também tinha Endometriose.

A Antónia informou-me que a terapia de Bowen também conseguia diminuir os sintomas desta doença. Também reparou que tinha uma lordose (curvatura excessiva da coluna para dentro) (...). Nos dias que seguiram a primeira sessão com a Antónia senti logo melhorias em relação às dores de costas assim como a diminuição de dores musculares ...BS, 20 anos

Olá, o meu nome é Beatriz e tenho 20 anos. Os meus últimos 3 anos foram marcados por enxaquecas intensas e por dores de cabeça quase diárias e isso não os tornou propriamente fácies. Desde essa altura que tomo medicação, tanto de prevenção como em SOS, medicação essa que vai variando na tentativa de perceber o que é melhor para mim.
No entanto, a medicina convencional nunca chegou para combater as minhas enxaquecas, daí ter decidido experimentar a Terapia de Bowen. Ao início não foi fácil porque envolveu todo um processo de desmame mas, a longo prazo, as diferenças foram notórias. Deixei de ter enxaquecas com a frequência e intensidade que tinha anteriormente conseguindo assim melhorar a minha qualidade de vida! 
Com base na minha experiência recomendo a todos os que tiverem problemas de saúde que recorram a esta terapia porque estou certa de que se irão surpreender! - Beatriz N, 20 anos

Sou alguém amante de terapias alternativas e massagens. necessito de muito trabalho de relaxamento. até hoje à Antônia foi a pessoa que melhor conseguiu " entrar" no meu relaxamento. adorei, relaxei. Entrei no seu gabinete com limitação de elevação de um braço, e a diferença no final da sessão foi notória. Parabéns pelo seu trabalho, espero que continue ajudar muitas pessoas durante muito tempo. até breve - Luisa Santos

Sendo praticante de corrida em estrada e trails recomendo a terapia e as mãos da Antónia para desportistas, porque basta uns poucos toques e vibrações para eliminar dores nos gémeos e glúteos, que ficam depois de provas e treinos mais exigentes. Obrigado Antónia - Helena Sécio

Recomendo vivamente a terapia de Bowen nas mãos da Dra. Antónia Vaz. Fez milagres com o meu sistema nervoso, o meu ânimo, e as minhas dores musculares e ósseas. Senti grandes melhoras logo após a primeira sessão. Ainda na semana passada estava super stressado, fiz a terapia e fiquei renovado, calmo e relaxado, e sem dores.Bem haja Dra. Antónia Vaz!! Armando Stuart

Obrigada Dra. Antónia Vaz, por ter devolvido a saúde ao meu marido. É um homem completamente diferente, quer do sistema nervoso, quer das dores que o atormentavam. Um bem haja pela terapia e pelas mãos de anjo. Grata! - Guida Fialho

Marquei uma consulta com a Sra Dra Antonia Vaz que me explicou tudo sobre esta terapia. Nesse mesmo dia fiz tratamento para o meu problema refluxo gástrico gostei tanto que fiz oito tratamentos já não tenho refluxa gástrico e aconselho a todas as pessoas que tenham qualquer problema de saúde que procurem esta Terapia De Bowen com Sra Dra Antonia Vaz.  Muito Obrigada por ter tratado de mim -  Maria Odete Buzaglo